segunda-feira, 31 de julho de 2017

São João del-Rei 2007-2017: Dez anos Capital Brasileira da Cultura



Há dez anos, em 2007, São João del-Rei recebeu um título de grande valor: "Capital Brasileira da Cultura". Mais do que uma simples homenagem, essa honraria foi a expressão nacional de reconhecimento da importância de nossa terra para a educação, as ciências, as artes - enfim para a cultura de nosso país.

No mesmo sentido, merecidamente, no ano seguinte, São João del-Rei se autodeclarou "Capital Brasileira da Cultura para Sempre" - uma iniciativa muito lúcida, pois o significado de uma história como a nossa 'não tem prazo de validade'!

Como Capital Brasileira da Cultura, durante todo o ano de 2007 nossa cidade sediou uma série de eventos que movimentaram ainda mais a vida cultural de São João del-Rei, que normalmente já é sempre muito intensa.

Em dezembro daquele ano, quando a cidade preparava-se para cumprimentar a nova cidade-irmã que também receberia "o título, a faixa, o cetro e a coroa", a Secretaria da Cultura de Minas Geras lançou uma edição especial de seu Suplemento, que teve na capa o detalhe de um dos sinos - que são a voz de São João del-Rei, e, no verso, um poema de Oswald de Andrade, chamado Convite. As palavras de um dos líderes do movimento modernista foram escritas em 1922 (portanto há 95 anos), durante uma viagem que os intelectuais e artistas fizeram a Minas Gerais e dizem o seguinte:

São João del-Rei
A fachada do Carmo
A igreja branca de São Francisco
Os morros
O Córrego do Lenheiro

Ide a São João del-Rei
De trem
Como os paulistas foram
A pé de ferro

A edição especial do Suplemento da Secretaria da Cultura de Minas Gerais tem artigos sobre a diversidade e as particularidades da riqueza cultural de São João del-Rei, na visão dos seguintes protagonistas culturais são-joanenses, por ordem de apresentação:

  • Adenor Simões, Lúcia Bortolo, Jota Dangelo, Ivan Velasco, Abgar Campos Tirado, Alberto Tibaji, Ulisses Passarelli, Lígia Vellasco, Antônio Carlos Guimarães, Salomé Viegas, André Dangelo, Vanessa Brasileiro, Carlos Magno de Araújo, Mário Krauss, Ana Maria Parsons, José Antônio Ávila Sacramento, Guilherme Rezende, Bartolomeu Campos de Queirós.
A publicação é ilustrada com fotografias da exposição então montada na Galeria do Teatro Leblon (RJ) de autoria de  

  • Emmanuel Pinheiro, Almir Nascimento, Antônio Celso Toko, Beni Jr., Cláudio Lopes, João Ramalho, Kátia Lombardi, Kiko Neto, Marcinho Lima, Nathanael Andrade, Photo 1000ton,  e Sebastião Machado Gomes (Jacó)

Nenhum comentário:

Postar um comentário